quinta-feira, 12 de julho de 2012

AMOR PERFEITO...

É tão bom quando a gente está amando, não é? Aquele frio na barriga, aquele queimar na face, e aquela vontade de que acabe logo o dia para enfim estarmos juntos a pessoa amada!!!
Tudo começa na intenção de amar, na vontade de ter como seu aquele ou aquela a que desejamos.... A que sonhamos...
Então o primeiro beijo acontece. Você parece levitar, suas mãos suadas a ti dizer que aquilo não é mais um de seus sonhos! Um beijo, após meses de amor silencioso, meses de sentimento crescente no peito. Um beijo quente envolto a um abraço transbordante de calor, e talvez até mesmo uma lagrima a brindar esse momento tão sublime e tão particular. Após esse primeiro momento, a volta para casa é magica, parece até que você pisa em nuvens ao caminhar, nada pode ser melhor que essa satisfação, nada pode atrapalhar essa alegria. As lembranças ainda frescas na memoria, o jeito dele andar, de ti olhar, de ti tocar. Você se policia a procura de um erro, se certificando que não disse nada que pudesse ser mal interpretado, e assim sonhando acordado se passam os dias... E você a espera de um telefonema, com a duvida latejante de ligar ou não. E ele liga... E seu coração acelera ao ouvir a voz dele. Um novo convite, um cineminha! E você mal se aguenta de tanta ansiedade. Que roupa usar? Me faço de desinteressado, ou mostro logo que o amo? E então o segundo encontro é tão lindo quanto o primeiro, e após alguns encontros, um pedido. ( quer namorar comigo?). Uma resposta: (sim!), e o tempo passa, e o noivado vem, e enfim casados vocês se encontram, e cada momento ao lado dele é perfeito, o sexo, acordar ao lado dele, dormir ao lado dele, assistir um filme, ouvir as piadas dele, respirar ao lado dele!!!!!!! O primeiro filho ti faz descobrir um novo amor, e o tempo passa, e agora você já com seus sessenta anos se vê ainda ao lado dele, agora mais sistemático mais ainda carinhoso e atencioso com você. E ao se olhar no espelho, percebe que você não envelheceu, e sim que você viveu. Amou e amada foi, percebe que você teve a sorte de saber segurar ao seu lado o grande amor de sua vida, e que mesmo tendo enfrentado problemas, e mesmo que as vezes ele tenha ti ofendido, você sempre soube que aquelas palavras logo viriam acompanhadas de um ( me perdoe?) e com aqueles olhinhos de cão sem dono. Amar não não é brinquedo, mesmo que dizer eu ti amo esteja tão na moda a ponto das palavras saírem vazias, e sem sentimentos! Por isso se você tem ao seu lado aquela pessoa especial que ti faz sentir a última mulher ou homem do mundo, não deixe que brigas e atitudes infantis estrague tudo. Não seja o tipo de pessoa que controla o relacionamento como se apenas você tivesse razão. Não permita que um dia seu parceiro ou parceira ti olhe nos olhos e não ti reconheça mais! E lembre-se, muitas vezes nosso orgulho é nosso maior inimigo.   FRANCISCO MANIÇOBA. PENSE NISSO

6 comentários:

  1. Olá, venho trazer meu abraço e desejar um ótimo final de semana.
    Aproveito para lhe dizer que achei brilhante esse seu texto, - magnífico, parabéns!
    Quando puder, apareça. Sucesso e até mais...

    ResponderExcluir
  2. Olá Maniçoba,
    Venho deixar um abraço. Fiz algumas mudanças no blog para melhorar o visual.
    Boa semana!
    Luiz Sampaio

    ResponderExcluir
  3. Olá lindo poema bjs.

    ResponderExcluir
  4. Pere, vou ler com calma e ja volto para comentar...

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde!Adorei seu blog,o poema é lindo,parabéns bjs.

    ResponderExcluir
  6. Muito lindo este texto!!!! Gostei muito do Blog. Os textos são ótimos!!! Parabéns!!!

    ResponderExcluir